Caso Maëlys: Incêndio “estranho” destrói PROVAS do caso. A menina continua DESAPARECIDA

Já passou um mês desde que Maëlys, a menina luso-descendente desapareceu numa quinta onde estaria numa festa de casamento. Foi vista pela última vez na sala destinada às crianças, e terá sido a própria mãe, prima da noiva, a dar por falta da menina eram perto das 3h da madrugada. Continua desaparecida.


JÁ SABIAS?

A 1xbet agora oferece 130€ a novos clientes! Além disso, na 1xbet podes assistir a transmissões de jogos ao vivo! Regista-te aqui!

maelys-de-araujo

A polícia francesa apela à partilha da informação para que o caso não caia no esquecimento, até porque muito do trabalho que tinha sido feito até então(muitas provas reunidas, depoimentos, etc…), acabou destruído num “estranho” incêndio que teve lugar na esquadra de Grenoble, em França.

O incêndio na esquadra destruiu a maioria das provas reunidas até então do caso Maëlys de Araújo, a menina com nove anos que desapareceu no dia 27 de Agosto da festa de casamento onde estava com os pais, em Pont-de-Beauvoisin. O procurador de Grenoble, Jean Yves Coquillat, já fez saber que ainda assim o número de provas destruídas, tendo em conta o incêndio que foi, até foram reduzidas, conforme citado pelo “France Soir”.

Arderam perto de 50 veículos que se encontravam apreendidos nas instalações da esquadra, na noite de quarta-feira para quinta-feira, mas o procurador já veio a público informar que o carro do principal suspeito, Nordahl Lelandais, não sofreu danos. Foi no Audi A3 de Nordahl que foram encontrados vestígios de ADN de Maëlys, e por haver perigo de fuga o suspeito encontra-se em prisão preventiva desde o final de Agosto, negando qualquer acusação.

Os motivos que levaram ao incêndio numa altura em que se investiga um caso tão mediático, e tão importante, não ficaram bem claros. O “France Soir” alega ter informações que terá sido um grupo anarquista a atear o fogo num “acto solidário com quem está para ser julgado nos próximos dias”, embora haja já quem acredite que se tratou de um incêndio “encomendado”.

VEJA TAMBÉM:  André Ventura saiu-se com nova afirmação POLÉMICA! Este homem não pára!

Partilha nas redes sociais!

Utilizamos cookies para assegurar que tem uma melhor experiência ao visitar o nosso website