Com 148 Anos de Idade ele é o Homem Mais Velho do Mundo, anda a pé, e pasme-se, até Fuma!

E não só afirma que tem a idade que tem, mas para o provar ele tem o Bilhete de Identidade que já foi verificado e considerado legítimo pelas autoridades! Conheça o homem mais velho do mundo e saiba como ele conseguiu chegar a esta idade:


JÁ SABIAS?

A 1xbet agora oferece 130€ a novos clientes! Além disso, na 1xbet podes assistir a transmissões de jogos ao vivo! Regista-te aqui!

Ele parece cansado, mas pensando bem também eu estaria cansado se quando a 2ª Grande Guerra terminou eu tivesse 75 anos, e ainda estivesse vivo nos dias de hoje, em 2018. São 148 primaveras! É essa a idade que Mbah Gotho, um indonésio afirma ter, e tal número pode mesmo fazer dele o homem mais velho do mundo. Também na Indonésia uma mulher de nome Anami afirma ter 140 anos de idade, e já aceitou submeter-se a testes de ADN para o comprovar. (será dos ares daquela terra?)

Dizem que a vida é curta, mas para Mbah Gotho, habitante da cidade de Sragen na Ilha de Java, Indonésia, a vida está a revelar-se bem longa. Nascido a 31 de Dezembro de 1870 – e com documentação para o provar, a qual já foi considerada legítima pelas autoridades – já viveu quase o dobro da média do ser humano, mas isso não o impede de ainda se deslocar de pé – com alguma ajuda por vezes, naturalmente – e até de fumar o seu cigarrinho!

1

A sua quarta esposa faleceu em 1988 e todos os seus filhos já faleceram também. Ele está actualmente aos cuidados dos seus vários netos que lhe dão banho e o alimentam. Impedido de ver – o que provavelmente teria cura com uma operação simples no ocidente – ele passa os dias a ouvir a rádio e a relaxar. Orgulhoso como sempre foi ele afirma “o que eu quero é simplesmente morrer”, quando um jornalista o questionou acerca do que ele queria mais da vida.

VEJA TAMBÉM:  Grande Bronca no Programa da Manhã da Fátima Lopes CHOCA os Portugueses

Apesar das dúvidas generalizadas, Mbah Gotho e as autoridades locais forneceram documentação que prova a sua idade. Mas como ele afirma “já vivi 146 anos, não preciso de provar nada a ninguém”. Eis o documento que foi publicado online:

2

Quando o questionaram acerca do que terá contribuído para a sua longa estadia no nosso planeta ele respondeu “muita calma e paciência”. Quanto ao resto de nós, talvez a vida afinal não venha a ser assim tão curta quanto julgamos!

A reportagem é da Sky News:

Fonte: Youtube

Partilha nas redes sociais!

Utilizamos cookies para assegurar que tem uma melhor experiência ao visitar o nosso website