De acordo com a ciência Mães Chatas criam Filhas com Mais Sucesso na Vida

Estás a ouvir? Já fizeste os trabalhos de casa? Vê se arrumas a roupa no sítio. Porque é que a tua mochila está no meio do chão? Limpa os pratos antes de os meteres no lava-loiça. Não quero que andes que esse tal de João. Estás de castigo! Tens de te concentrar no teu futuro. Olha para mim quando falo para ti. Quero-te em casa às 22h. Vai estudar. Vê se lavas a cara quando te levantas. Eu pareço tua criada? Lavaste os dentes? Já arrumaste o teu quarto?

2

Foto: notifronteras.com

Se você passa a vida a repetir estas ou afirmações e ordens parecidas com estas, dia após dia, e está com a impressão que tem de estar sempre a dizer as mesmas coisas à sua filha de – insira aqui a idade dela – anos, isso é bom sinal! Continue a moer-lhe a cabeça até que há de chegar o dia em que ela finalmente irá compreender o que você quer. E no dia seguinte, voltará tudo ao mesmo e você irá repetir tudo de novo…mas não há problema, antes pelo contrário, estudos comprovam que mães chatas criam filhas bem sucedidas na vida.

Ericka Rascon-Ramirez é uma investigadora da Universidade de Essex e recentemente conduziu um estudo que levou à conclusão que “por detrás de cada mulher bem sucedida está uma mãe chata”. Cerca de 15.000 adolescentes fizeram parte do estudo que decorreu entre 2004 e 2010 e de acordo com declarações da investigadora concluiu-se que “a probabilidade de uma adolescente ter ambições e querer obter formação superior para atingir essas mesmas ambições é incutida desde cedo pelo progenitor, na maioria das vezes a mãe”.

ATENÇÃO! A 1xBet está a oferecer 100€ aos novos clientes! Nesta casa podes podes até assistir a centenas de jogos enquanto fazes o teu prognóstico. Regista-te aqui!

As meninas cujas mães tinham grandes expectativas para elas, fizeram com que as suas filhas tivessem de tomar decisões importantes nas suas vidas. Um estudo do “Mail Online” vai mais longe e afirma até que as filhas de “mães chatas” viram reduzidas as hipóteses de engravidar em 4% quando comparadas com as filhas daquelas mães que depositavam nas suas filhas fracas expectativas: “Estas meninas têm uma probabilidade maior de irem para a faculdade, construírem uma carreira de sucesso, e mais tarde terem melhores salários”.

“Muitas das vezes acabamos por ter sucesso a fazer aquilo em que acreditamos que é melhor para nós, mesmo quando isso vai contra a vontade dos nossos pais, mas por muito que evitemos seguir os conselhos dos nossos pais o mais certo é que eles acabem por nos influenciar de uma forma inconsciente, a fazer escolhas que ‘pensamos’ que somos nós que estamos a fazer, mas que na verdade fazemos por influência directa dos nossos pais, por eles terem insistido tanto connosco”, explicou a investigadora.

Por isso “mães chatas” por esse mundo fora, continuem a “chatear” a sua filha(e filhos também), mais tarde ou mais cedo isso irá trazer os seus frutos!

3

Foto: meetup.com

Durante a adolescência é normal que a sua filha não entenda porque é que o seu único objectivo na vida é “chateá-la”. A adolescência é uma fase complicada com todos os problemas que elas têm preocupadas com a aparência e o drama das “relações amorosas” porque passam, elas custam a entender os verdadeiros motivos que a levam a “chateá-la”(você ama a sua filha e portanto só quer o melhor para ela).

Ao ser “chata” para ela você estará a incutir-lhe hábitos de vida que irão garantir que a sua filha seja bem sucedida quando sair debaixo da sua alçada e tiver de enfrentar sozinha o cruel e competitivo mundo no qual vivemos. Acredite, como filha de uma “mãe chata”(que me ama muito) eu sei que algures por volta dos seus 20 anos de idade a sua filha vai finalmente compreender porque você a “chateava” tanto, e quando isso acontecer ela só irá ter amor e gratidão por ter uma “Mae Chata”.

Créditos foto de capa : fotosearch.es
424 pessoas gostam disto. Sê o primeiro entre os teus amigos.

Utilizamos cookies para assegurar que tem uma melhor experiência ao visitar o nosso website

NÃO PERCAS NENHUM POST!