É por causa DISTO que não deves deixar o teu Cão lamber-te a Boca!

Muitas pessoas acham fofinho quando os seus cães se aproximam e lhes dão uma lambidela, mas e se soubessem que isso vos poderia matar, continuariam a achar fofinho? Não, não estamos a dizer que o seu querido amigo de 4 patas lhe quer fazer mal intencionalmente. O seu cão ao fazer isso está a expressar o seu amor por si, à maneira dele.


JÁ SABIAS?

A 1xbet agora oferece 130€ a novos clientes! Além disso, na 1xbet podes assistir a transmissões de jogos ao vivo! Regista-te aqui!

O problema é que as bactérias que estão presentes na língua do seu cão não pensam da mesma forma. Será que a boca dos cães é mais limpa que a nossa? Não! Isso é um mito de todos os tamanhos! Marty Becker é escritor e especialista em cães, e o que ele diz é que: “Basta que você olhe, observe e cheire, para perceber que esse mito é errado. Se você deixar ele vai vasculhar o lixo com o focinho, nós humanos cumprimentamo-nos com um beijo na cara, eles cumprimentam-se com a boca no rabo uns dos outros”.

1

John Oxford, professor de virologia e bacteriologia na universidade Queen Mary em Londres tem focado os seus estudos em perceber a quantidade de bactérias que podem estar presentes na boca dos cães: “Não se trata apenas da saliva. Os cães passam metade das suas vidas com o nariz em locais imundos, ou até a cheirar a porcaria que outros cães fazem (quando não a comem), por isso as suas narinas e sistema respiratório estão cheias de bactérias e vermes de toda a espécie, alguns bem perigosos para os humanos”, salientou.

Em bom português, a boca do seu cão é imunda, e pode transmitir-lhe graves doenças através dos “beijinhos”, tais como:

VEJA TAMBÉM:  Importante: Mais logo à Uma, não se esqueça que é para Dar Duas

Capnocytophaga Canimorsus: Esta é uma doença muito má e fácil de apanhar. Quão fácil? Basta uma lambidela numa ferida para o seu cão lhe transmitir as bactérias que causam a doença.

Tinha ou Micose: É uma infecção muito fácil de apanhar através dos “beijinhos” do seu cão. Se a bactéria estiver na boca do animal quando este lhe der um “beijinho”, já está. Considere-se infectado(a).

2

Staphylococcus: Pode provocar graves infecções nos humanos, e pode ser transmitida através de apenas uma lambidela do seu cão. Os cães podem ser portadores da bactéria sem que isso afecte os seus organismos, mas quando a mesma entra em contacto com o organismo humano, o caso muda de figura. São muito resistentes ao tratamento.

3

Você quer apanhar uma doença que o(a) deixe desfigurado(a)? Se calhar não…mas mesmo assim acha que é seguro arriscar? Não arrisque, não acontece só aos outros! Partilhe esta informação com os seus amigos e familiares nas redes sociais!

Fonte: Youtube | Adaptação / imagens: doggiescare.com

Partilha nas redes sociais!

Utilizamos cookies para assegurar que tem uma melhor experiência ao visitar o nosso website