José Sócrates gastava 12 MIL EUROS/MÊS só em restaurantes!

As despesas com almoços e jantares chegaram a ultrapassar os 12.000€ por mês! Em flores o valor ultrapassou os 80.000€ e cada garrafa de vinho custava mais de 200€! Tudo luxos que terão contribuído para levantar as suspeitas sobre o ex primeiro-ministro, agora acusado de 31 crimes.


ATENÇÃO! A 1xBet está a oferecer 100€ aos novos clientes! Nesta casa podes podes até assistir a centenas de jogos enquanto fazes o teu prognóstico. Regista-te aqui!

460 mil euros terá sido o valor gasto em refeições

Durante os 6 anos que esteve à frente do governo, o gabinete de Sócrates terá gasto mais de 460.000 euros em restaurantes, no país e no estrangeiro. Em 2007/08/09 os gastos foram sempre superiores à verba orçamentada, a despesa terá chegado aos 260.174 euros.

Almoços e jantares perfazem mais de 12.000€/mês

Foi precisamente durante esses 3 anos que ocorreram as mais elevadas despesas do gabinete do ex primeiro-ministro, em cada um desses anos as despesas com refeições situaram-se entre os 80.000 e os 90.835€.

Março, maio, agosto, novembro e dezembro foram os meses de mais despesa com almoços e jantares. Em dezembro de 2006 foram 11.109 euros, em agosto de 2008 10.742 euros e em novembro uma verba recorde de 12.813 euros.

Vinho e decoração

O gabinete adquiriu 6840 euros em garrafas de vinho da colheita de 2006, do Douro da Quinta do Vale Meão, para “oferecer a entidades estrangeiras”, vinho que terá vindo directamente do produtor, Francisco Olazabal.

Sócrates comprou um Mercedes de 95.000 euros, mas foi à RTP de Volkswagen de renta-a-car

socas

Paris custava 15.000 euros/mês

O apartamento arrendado no bairro 16, uma das zonas mais ricas da capital francesa e na qual as rendas são de 7.000 euros para cima.

VEJA TAMBÉM:  Última Hora: Queda de árvore durante procissão faz 13 mortos e 49 feridos

A somar a isso pagava 1083 euros por mês na faculdade. A escola do filho, privada, custava mais 2.000 euros por mês.

Sócrates era cliente habitual de restaurantes de luxo, restaurantes esses onde cada garrafa de vinho chega a custar mais de 200 euros, tudo somado, a vida de Sócrates em Paris custava cerca de 15.000 euros mensais.

Durante os 3 anos de maior gasto, o gabinete do ex primeiro-ministro gastou ainda 63.000 euros em arranjos de flores naturais para enfeitar a residência oficial. Em 2009 houve um gasto extra de 19.020 no mesmo produto, totalizando 82.020 euros em flores. Ainda no rol de gastos do gabinete de Sócrates, podem encontrar-se 33.950 euros em manutenção dos jardins do Palácio de São Bento.

Conhece a loja mais cara do mundo?

Na loja mais cara do mundo em Rodeo Drive só entra um cliente de cada vez, com marcação. Na mesma loja cada par de meias custa 50 dólares, e os fatos custam para cima de 50.000 dólares. José Sócrates, cliente assíduo, tem o seu nome gravado na vitrina da loja:

clientes

José Sócrates tem o seu nome inscrito na vitrina ladeado de nomes como Steven Spielberg, Vladimir Putin, Bill Clinton ou George W. Bush, clientes da loja de Beverly Hills considerada por muitos a “loja mais cara do mundo”.

As acusações de que é alvo podem até nunca vir a ser provadas…mas que este estilo de vida não é compatível com um salário de 3.000 euros por mês…isso não é!

326 pessoas gostam disto. Sê o primeiro entre os teus amigos.

Utilizamos cookies para assegurar que tem uma melhor experiência ao visitar o nosso website