Madeleine McCann terá sido encontrada em Itália, a viver na rua como uma Sem Abrigo.

Foi na noite de 3 de Maio de 2007 que a Praia da Luz no Algarve ficou conhecida mundialmente pelos piores motivos, desaparecia a pequena Madeleine McCann. Deixada a dormir sozinha em casa com os seus irmãos enquanto os pais saíam à noite com um casal amigo, Maddie que altura tinha apenas 4 anos foi dada como desaparecida pela mãe poucas horas depois, aquando de uma visita desta ao quarto onde dormiam os três irmãos, para verificar se estava tudo bem com as crianças.


JÁ SABIAS?

A 1xbet agora oferece 130€ a novos clientes! Além disso, na 1xbet podes assistir a transmissões de jogos ao vivo! Regista-te aqui!

Pelo menos foi essa a versão contada pelo casal McCann, que em declarações à polícia afirmou que apesar de estarem ausentes da casa onde dormiam 3 crianças pequenas – algo que não é muito comum pelos padrões portugueses, e que aliás vai contra a teoria de Gonçalo Amaral, ex-inspector da Polícia Judiciária que sempre afirmou que o casal estaria envolvido no desaparecimento – a mãe fazia visitas ao quarto com regularidade para verificar se as crianças estavam bem.

Na sua última visita ao quarto do hotel, as coisas não estavam nada bem, e o resto da história é sobejamente conhecida de todos nós.

Agora, alguns internautas acreditam ter finalmente descoberto a Maddie, em Itália, mais propriamente em Roma, a viver nas ruas, como uma sem abrigo. A jovem encontrada e que foi apelidada de “Maria” por não ter consigo nenhum documento de identificação, atraiu a atenção de quem passava pelo facto de não estar a pedir dinheiro como é habitual à maioria dos sem abrigo, e também pela sua forma “educada” de comer, conforme revelado pelo Daily Mail.

VEJA TAMBÉM:  Ele oferece 180 Milhões ao homem que casar com a sua Filha, não aparecem candidatos... veja porquê!

A jovem loira encontrada fala inglês e foi encontrada nas ruas de Roma, e muitas pessoas já acreditam que se trata realmente de Maddie. Como não tinha consigo nenhum documento que a identificasse deram-lhe o nome temporário de “Maria” até que se apurem todos os factos. A jovem não sabe falar italiano e aparenta estar confusa no espaço e no tempo. Neste preciso momento estão a ser reunidos esforços nas redes sociais para que a “Maria” reencontre a sua família e possa passar o Natal em casa junto dos seus.

Por se desconhecer a sua identidade, já foram levantadas várias suspeitas de que se possa tratar de uma das várias meninas desaparecidas tais como Amanda Adlai, que foi raptada no Michigan em 2008, Maria-Brigitte Henselmann, desaparecida na Alemanha no mesmo ano, mas também com Madeleine McCann, desaparecida de um aldeamento na Praia da Luz em 2007.

Certo é que existem muitas semelhanças, senão veja:

italiana

Foto: cmjornal.pt

maddi

Foto: dailymail.co.uk

Obviamente que a idade teve um papel determinante, assim como o facto de viver nas ruas, para eventuais diferenças com o retrato feito digitalmente pelas autoridades e que previa como seria a Madeleine McCann nos dias de hoje, mas até que “Maria” seja identificada é uma possibilidade, e talvez uma réstia de esperança para os pais.

Partilha nas redes sociais!

Utilizamos cookies para assegurar que tem uma melhor experiência ao visitar o nosso website