Mãe farta-se de ouvir “bitaites” para educar os Filhos, e pendura aviso na janela!

Quem tem filhos e nunca ouviu esta ou aquela pessoa a dar conselhos de como devemos criar os nossos próprios filhos? Algumas pessoas conseguem ignorar até certo ponto…mas esta mãe…tens de ver o que ela escreveu no aviso que pendurou na varanda! Brutal!


JÁ SABIAS?

A 1xbet agora oferece 130€ a novos clientes! Além disso, na 1xbet podes assistir a transmissões de jogos ao vivo! Regista-te aqui!

Esta mãe vive no Rio de Janeiro, mais propriamente em São Gonçalo, e já estava a ficar cansada de ouvir os vizinhos criticarem-na sobre a forma como ela educa os seus filhos, resolveu cortar o mal pela raiz e dar também assim a entender aos vizinhos que os “bitaites” não são bem vindos se não vierem acompanhados de um contributo para as crianças. Assim ela pendurou uma lona na varanda com as instruções para aqueles vizinhos que mesmo assim queiram continuar a meter-se na vida dela.

Patricia Monken é mãe de uma menina de 18 anos, e de um rapaz com 2 anos. Como todos sabemos, por vezes as crianças choram, fazem birra…mas muitas pessoas não devem saber isso, então cada vez que ouviam barulho de choro da criança, elas ligavam para as autoridades que não tardavam a ir incomodar esta mãe. Ela assim tranquiliza os vizinhos.

Entrevistada pelo “Extra” da rede Globo, ela conta ainda que são comuns os comentários dos vizinhos à forma como ela educa os filhos, em especial comentários acerca do cabelo do filho mais novo, que tem o cabelo comprido porque ela escolheu ainda não o cortar para já.

“As pessoas intrometem-se demais, já estou cansada de explicar que o meu filho é rapaz para ter o cabelo grande, porque eu decidi assim e tanto quanto sei, sou eu quem manda na minha casa. Uns dizem que é feio, outros dizem que tenho de ir cortar o cabelo rapidamente, outros até dizem que o meu filho vai virar bandido só porque tem o cabelo comprido…às vezes fica difícil aguentar, não acha?”

VEJA TAMBÉM:  Cristina revela uma das suas fantasias: "Gostava de ir a um Motel, experimentar coisas novas..."

Técnica de enfermagem de profissão, ela conta que os palpites da vizinhança não são de agora, e que inclusive quando a filha era mais nova o Conselho Tutelar chegou a ser chamado pelos vizinhos, e até a polícia chegou a bater-lhe à porta só porque o filho “estava a chorar demais”.

Com a ajuda de familiares e amigos ela pendurou esta lona na janela. Assim, os vizinhos não estão proibidos de dar a sua opinião, mas só o podem fazer mediante as condições dela…bela ideia, não acha? A internet achou! A publicação dela rapidamente obteve milhares de partilhas de outras mães que também pensam da mesma forma.

“Quando Deus disse ‘Orai e Vigiai’, ele referia-se à sua vida, e não à vida dos outros. Se quiser meter-se na minha vida, faça as coisas como deve ser. Comece por lavar a minha roupa, pagar as minhas contas, e a resolver os meus problemas por mim. Por cada 5 pacotes de fraldas ‘G’ ou ‘XG’ você tem direito a um palpite, se os pacotes forem ‘Jumbo’, tem direito a 2 palpites.”

Partilha nas redes sociais!

Utilizamos cookies para assegurar que tem uma melhor experiência ao visitar o nosso website